• Home
  • Archive by category "Saúde"

Homens com impotência demoram para procurar ajuda

Talvez você nem imagine e é possível que essa situação seja algo novo para você, mas a verdade é que a maioria dos homens com impotência chega a demorar 4 anos para procurar ajuda profissional para resolver o problema.

homens demoram procurar ajuda

O cigarro, por exemplo, é um vício que causa problemas tanto para os vasos do coração quanto para os vasos do pênis. No caso de fumantes, nem mesmo a injeção contra impotência sexual pode ajudar muito visto a condição do quadro.

No caso do álcool, quando usado em pequena quantidade, pode ajudar a reduzir a ansiedade e facilitar o momento da relação sexual. Do contrário, quando utilizado em excesso, ele pode atuar como um anestésico, além de gerar lesões no fígado e nos nervos, impedindo que se tenha uma ereção.

Segundo especialistas, é possível recorrer ao uso de prótese peniana, que possibilita a penetração e mantém a sensibilidade íntima. Isso pode ser feito com a prótese maleável, que mantem o pênis em um estado de rigidez permanente, ou com a bomba, que deve ser inflada sempre que desejar ter uma ereção.

Vale lembrar ainda que o procedimento de vasectomia não causa impotência sexual, sendo que alguns homens revelam até um aumento na facilidade de conseguir uma ereção, visto que diminui a preocupação de engravidar a mulher.

Outro ponto importante que deve ser ressaltado é que a masturbação serve como uma forma de treinamento e que não deve atrapalhar o ato sexual, ou seja, não é verdade que quem se masturba de forma saudável pode acabar ficando impotente.

Alias, é algo muito interessante e importante conhecer o próprio prazer. No entanto, quando praticada em excesso a masturbação pode trazer consequências, como a perda de prazer no momento do sexo.

Segundo especialistas, o homem que não consegue ter uma ereção ao praticar a masturbação, nem mesmo ao acordar, no sexo oral ou com a parceira, pode estar apresentando um problema de ordem emocional, visto que a parte fisiológica do pênis está funcionando.

Os tratamentos para o problema podem ser variados, indo desde o uso de Tittanus, um suplemento natural, o medicamento Viagra e até cirurgias, o importante é começar cedo, quando mais cedo a impotência sexual for tratada, maior é a chance de ser revertida.

No entanto, o que acontece é que a maioria dos homens não gostam de falar sobre problemas sexuais, possuem vergonha de não conseguirem uma ereção e chegam a demorar 4 anos para buscar ajuda.

Como identificar um homem impotente

De um modo geral, a maioria dos homens que enfrentam o problema de impotência sexual não conversam nem mesmo com suas companheiras sobre o assunto.

Porém este é um assunto que precisa ser tratado com muita seriedade. É cada dia maior o número de homens que sofrem com esta situação.

A impotência sexual ou disfunção erétil é a incapacidade de ter e manter a ereção do pênis. Esta disfunção não permite que o homem tenha uma ereção rígida o suficiente para um bom desempenho e uma penetração no ato sexual.

Apesar de ser considerado um problema bem comum, é motivo de grande constrangimento e aflição entre os homens.

As causas da impotência sexual podem ser físicas ou psicológicas e, ao contrário do que muitos acreditam, pode ocorrer em qualquer idade.

Existe a crença de que somente homens mais velhos sofrem de impotência, mas atualmente as estatísticas comprovam que a disfunção afeta todas as faixas, não é por acaso que produtos naturais para desempenho sexual como o Vialis Plus estão sendo comprado cada vez mais por homens jovens.

Se seu parceiro está enfrentando este problema, a primeira coisa a fazer é conversar e procurar ajuda de um profissional.

Na maioria das vezes é um problema emocional que pode ser resolvido com muita facilidade, mas que precisa de um diagnóstico médico para orientar quais providencias devem ser tomadas.

A impotência acaba afetando o relacionamento do casal porque a parceira muitas vezes acha que é sinônimo de falta de amor e desinteresse do parceiro.

Quanto mais ela cobra, mais o parceiro fica ansioso e com medo de não corresponder a expectativa da parceira. Esta situação de stress, este medo de “falhar” acabam prejudicando o desempenho sexual e levando a mais um episódio de incapacidade de ereção.

Se o seu parceiro não fala sobre o assunto mas você desconfia que estão enfrentando este problema, responda as seguintes questões:

  • Seu parceiro nunca toma a iniciativa para o sexo?
  • O sexo se tornou rotineiro e mecânico?
  • Fazem sexo a cada 15 dias ou 1 vez por mês?
  • O toque só acontece na cama?
  • O sexo não traz o sentimento de ligação?

Se você respondeu sim a quase todas estas perguntas, fique ligada, seu companheiro está perdendo a libido e pode estar enfrentando um problema de impotência sexual….

Vocês devem conversar sobre a situação e juntos buscarem a solução. Procure deixa-lo tranquilo e mostrar que você vai ajudá-lo a superar esta fase.

Veja mais algumas coisas que podem te ajudar a ter certeza que seu parceiro está com problemas de impotência:

Conheça a celulite infecciosa

Você sabe o que é a celulite infecciosa? Conhece os riscos que ela traz para sua saúde? Você pelo menos sabia da existência desse problema? Então veja o que é e como lidar com a situação.

A celulite infecciosa, diferente de sua forma comum, é uma infecção bacteriana que se que ataca tecidos moles e se dissemina sob a pele.

Ela pode chegar a um nível de proliferação extremamente alto e por isso deve ser vista como uma emergência. Não deixe de ler abaixo mais informações para que fique atento a esse problema.

Como saber se é celulite infecciosa?

A celulite infecciosa, pode se mostrar com os seguintes sintomas: vermelhidão local, dor, inchaço e sensação de calor. Comumente aparece no pescoço, rosto e membros inferiores.

Caso a situação deixe de ser localizada e comece a se espalhar, a pele torna-se menos flexível e sua cor tende ao amarelo, esverdeado, pálido ou púrpura.

Celulite infecciosa precisa de tratamento rápido?

A celulite infecciosa traz um risco muito preocupante que é a propagação incontrolável da doença. Como consequência do quadro pode ocorrer as seguintes complicações:

  • gangrena
  • meningite
  • sepsis

Essa condição, normalmente causada por estreptococos, ou estafilococos, se não tratada devidamente, pode levar à morte. Por isso, deve-se prezar pela urgência no tratamento desse tipo de celulite.

Veja mais informações no vídeo:

É possível evitar a celulite infecciosa?

Quando existe alguém com a doença, saiba que ela não é transmitida à distância, mas o cuidado nunca é demais. Tome medidas para se precaver, como sempre usar luvas para lidar com o doente, criar o hábito de higienizar as mãos e deixar itens pessoais em separado e sem o menor contato.

Para cuidado pessoal de prevenção, a higiene é peça fundamental, principalmente na limpeza cuidadosa de feridas. A melhor forma para lidar com esse aspecto é fazer uso de água limpa e potável, além de sabão indicado, esfregando o suficiente para fazer a assepsia.

Lembre-se que o ato de ensaboar retira bactérias, enquanto o enxágue, as elimina. Dentro da ideia de limpeza, tudo o que toca a ferida deve estar perfeitamente salubre. Quando terminar o processo de lavar, seque com um lenço de papel limpo e aplique um antisséptico.

A celulite infecciosa deve ser levada muito a sério, pois uma vida pode estar em perigo. A qualquer sinal de mudanças estranhas na pele, principalmente com dor e inchaço, observações são necessárias e a qualquer piora um médico deve ser procurado.